A função do Implante dentário é substituir a raiz do dente!

Os implantes é um tratamento odontológico que usa uma estrutura de titânio para substituir esta raiz do dente faltante.

Com isso cria-se um suporte para colocar a prótese.

Certamente isso é feito por meio de uma cirurgia no osso que se localiza abaixo da gengiva.

Consequentemente o benefício dos implantes é que não ficam apoiados em outros dentes.

Assim como acontece no caso de procedimentos denominado de ponte!

No entanto existem diversos tipos de implantes sendo eles:

  • Implante dentário unitário:

É recomendado quando só um dente precisa ser substituído.

Também é usado para mais de um dente, quando estes dentes faltantes estão em regiões diferentes na boca.

Não existe uma regra, mas sim recomendação, portanto caso queira usar este tipo de implante para todos os dentes não há problema

No entanto tenha em mente que isso pode levar mais tempo, para recuperação.

  • Implante dentário com prótese overdenture:

É recomendado para o paciente com perda total dos dentes ou que possui prótese total (dentadura)

  • Implante dentário com prótese protocolo:

É semelhante ao implante overdenture, recomendado para o público com perda total dos dentes, porém o implante protocolo é mais seguro.

Traz mais estabilidade que overdenture!

Enquanto o overdenture é sustentado por dois a seis pinos o implante protocolo é de seis a oito.

  • Implante dois por três:

É interessante para os dentes da frente, por que o dentista consegue fazer a implantação por igual.

Mas também é válido para os demais dentes!

Com este implante você consegue substituir três ou mais dentes.

Todos os implantes citados tem como parte fundamental a estrutura de titânio.

No entanto tem diversas técnicas para coloca-los, que irá se ajustar com a necessidade do paciente.

Além disso para saber o implante ideal para o seu caso o dentista especialista em implantes irá realizar uma análise.

 

Procedimentos para a cirurgia de colocação do implante

 

O primeiro passo será a higienização bocal, feita pelo cirurgião dentista.

Para assegurar contra os riscos de infecção!

O segundo passo será a aplicação da anestesia local, a dosagem irá variar de paciente para paciente.

Consequentemente é feito um teste para certificar-se do efeito da anestesia.

Além disso caso o paciente sinta dor ou algum incomodo o cirurgião poderá aplicar mais anestesia.

Portanto depois deste processo o cirurgião dentista começará a cirurgia.

Finalmente fazendo um corte na gengiva, com isso ele buscara atingir o osso abaixo da gengiva.

Assim que chegar no osso ele fará uma perfuração no mesmo para encaixar a estrutura de titânio.

Contudo após firmar a estrutura ele dará alguns pontos na região do corte.

 

Recomendação pós-operatórias

 

Assim como em muitas recomendações o descanso é lei universal.

Portanto descanse, e não faça esforço!

Além disso tome cuidado com oque come, evite alimentos muito quente e duros.

Acima de tudo nos primeiros dias você deverá ingerir bastante líquidos.

Tome bastante água, coma alimentos em temperatura ambiente.

Também opte por alimentos moles e pastosos como sucos, vitaminas, sopas, purê e legumes.

Além disso coma frutas macias como banana, melancia, manga e etc.

Provavelmente o dentista recomendará antibióticos e analgésico para evitar dores e prevenir possíveis infecções.

Mas entenda que hoje nossos cuidados com a saúde e os procedimentos melhoraram e muito.

Consequentemente isso faz com que possamos cuidar de nossa saúde sem ser torturado por isso.