Somos seres vaidosos por natureza e a perda dos dentes é algo terrível e acontece com todas pessoas.

Além disso num passado distante quem perdia os dentes, teria de conviver com isso pro resto da vida.

Certamente num mundo onde ninguém nunca ouvia falar sobre “dentes postiços”.

Assim podemos imaginar como nossos antigos irmãos sofriam.

Imagina o quanto isso deveria ser vergonhoso para sua autoimagem!

No entanto hoje estamos em um tempo muito mais vantajoso em comparação aos nossos antigos povos.

Consequentemente hoje podemos contar com profissionais capacitados, com diversas tecnologias, diversos estudos, diversas técnicas e etc.

Certamente para trazer mais vida ao nosso sorriso.

Então uma dessas técnicas é a reabilitação oral, que se baseia na reconstituição dos dentes!

Além de ser recomendada para a reabilitação dos dentes, é recomendada para quem sofre de doenças digestivas como gastrites e refluxo.

Por que a gastrite é a inflamação da mucosa que reveste a parede do estomago.

Entretanto com todos os sintomas que causam gastrite um deles é a infecção bacteriana.

Em contraste o refluxo é o retorno do conteúdo gástrico em direção ao esófago.

Assim o refluxo é causado por alterações no funcionamento do esfíncter.

Isto é uma válvula que separa o estomago do esófago!

Consequentemente ambos os casos tem ligação direta com a boa mastigação dos alimentos.

Certamente com a perda dos dentes a função mastigatória ficará comprometida, causando esses dois problemas.

Assim o objetivo além da reposição dos dentes é restabelecer a mastigação, tratar infecções e devolver a estética do sorriso.

Contudo estes fatores contribuem para muito mais que uma boca com todos os dentes.

Consequentemente estes fatores contribuíram para um bom funcionamento do organismo, visto que é possível fazer uma mastigação adequada.

Também no processo de digestão e na autoestima, com isso trará mais felicidade a pessoa.

Profissionais envolvidos

Certamente a reabilitação oral envolve profissionais de várias áreas da odontologia, sendo eles:

  • Periodontista: sua função será relacionada a gengiva e ao osso maxilar
  • Ortodontista: relacionado ao posicionamento e articulação dental.
  • Endodontista: ligado ao estudo da polpa, tecido e a raiz dos dentes.
  • Especialista em implantodontia: responsável pela implantação de prótese e colocação de enxerto ósseo.

Além disso o paciente terá acompanhamento do diagnostico até a cirurgia, para assegurar-se dos resultados.

Quais exames são feitos

Vale lembrar que a reabilitação oral irá variar de um paciente para outro.

Sendo assim o paciente fará alguns exames para definir qual o meio de reabilitação é mais adequado para seu caso.

Isto é se é mais recomendado uma prótese ou um implante!

No caso do implante e para as próteses ele pedirá os seguintes exames para os dois casos:

  • Tomografia
  • Raio X
  • Fotografia intraoral

O dentista também poderá pedir outros exames se achar necessário.

Diferentes tratamentos para reabilitação

primeiro de tudo vale lembrar que os dois tratamentos tem como finalidade restabelecer os dentes da boca.

Assim o que os diferencia são os materiais usados, os métodos aplicados, suas praticidades e etc.

O implante é fixado ao osso enquanto a prótese se sustenta por meio de encaixe o que possibilita retirar da boca sempre que necessário.

Consequentemente o implante é um suporte para prótese.

No entanto para colocar uma prótese não é preciso fazer um implante, há a possibilidade de colocar uma prótese sem o implante.

Portanto temos três tipos de prótese, a prótese fixa, prótese removível e a prótese sobre implante.

Certamente o implante é mais seguro e resistente devido ao material metálico que suporta a dentição.

Assim o implante tem baixo índice de rejeição, e traz mais estabilidade para a prótese

No entanto o paciente terá de ter uma estrutura óssea adequada.

Caso contrário será necessário fazer enxerto ósseo.

Por que o paciente receberá um pino de titânio no osso para simular a raiz do dente.

Após isso será colocada a prótese.

Assim estima-se que leva de 04 a 06 meses para a cicatrização da cirurgia de implante.

Por outro lado, a prótese fixa fica apoiada sobre a raiz do dente.

Também é conhecida como jaqueta, pivô, ponte fixa e coroa.

Portanto sua finalidade é restabelecer um ou mais dentes.

Em contraste a prótese removível pode ser retirada pelo paciente sempre que desejar.

também conhecida como ponte móvel ou dentadura.

sua função é substituir um ou mais dentes de forma parcial ou total.

Como resultado lembre-se que a falta dos dentes implica em muitos problemas.

Como já mencionei antes atrapalha a mastigação, a oclusão, a fala, a estética e entre outros.

Portanto não demore e inicie seu tratamento!