periodontite

 

A doença periodontal normalmente surge a partir do acúmulo de placa bacteriana na superfície dental próxima a gengiva. Como o próprio nome já diz, nessa placa há a presença de bactérias e esses micro-organismos infectam e causam inflamação nas gengivas. Em casos avançados, podem deteriorar as estruturas que sustentam os dentes, causando a mobilidade e até mesmo a queda. A doença periodontal é a principal causa de perda dentária em adultos, com exceção de acidentes.

O primeiro estágio da doença periodontal é a gengivite, que é quando a gengiva fica inflamada, vermelha ou arroxeada e sangra com facilidade em um ou vários pontos. Se a gengivite não for adequadamente tratada, o quadro evolui para periodontite, que é quando já há comprometimento no osso e nos ligamentos que sustentam os dentes.

O acúmulo de placa bacteriana ocorre principalmente por higienização oral precária, mal executada ou dificultada pelo formato dos dentes (dentes tortos ou muito juntos) e grandes períodos sem visitas ao consultório odontológico a com a finalidade de realizar tratamentos preventivos.

Alem da placa bacteriana, outras doenças, a má qualidade de vida e maus hábitos podem facilitar o quadro de doenças periodontais. São os casos de portadores de diabetes, pessoas com variações hormonais (como por exemplo, o período da gravidez e da menopausa), pessoas imunodeficientes,estresse, bruxismo e o hábito de fumar.

 

Saiba mais sobre periodontia

 

Observe seus dentes e gengivas

Algumas condições podem ser sinais de doença periodontal:

  • Placa bacteriana e tártaro aderidos aos dentes, principalmente na linha entre gengiva e dentes. A placa bacteriana é incolor e viscosa. O tártaro é quando a placa acumulada se calcifica e é de cor amarelada ou esbranquiçada;
  • Gengiva inchada, avermelhada, que sangra com facilidade (na escovação, com o uso do fio dental ou involuntariamente);
  • Gengiva retraída, flácida ou separada do dente;
  • Alterações na posição ou mobilidade dos dentes;
  • Mau hálito.

Mesmo se você não observar estes sinais, a visita regular ao dentista não deve ser abandonada, porque o olhar profissional pode identificar problemas a tempo de tratá-los.

 

Como evitar a doença periodontal?

  • Mantenha higiene oral adequada e regular. Dedique mais tempo na escovação. Não esqueça da parte interna (as pessoas tendem a não escovar direito as áreas menos visíveis dos dentes e são justamente nessas áreas que a placa bacteriana e o tártaro podem acumular);
  • Visite o dentista regularmente para limpeza profissional profilática (raspagem da placa bacteriana e alisamento da superfície dentaria);
  • Evite o consumo excessivo de açúcar (as bactérias presentes na placa bacteriana se alimentam desses açucares).

Cuidados preventivos são muito importantes. Eles evitam problemas no futuro, muitas vezes irreversíveis, e podem representar economia de tempo e dinheiro para você.

 

(11) 3262-4750

contato@implart.com.br

Fale Conosco

WhatsApp: (11) 99598-1866

Skype: clinica_implart

Facebook: ImplanteDentarioClinicaImplArt

Twitter: @implart

Instagram: ClinicaImplart

 

 

 

Palavras-chaves: doenca periodontal, placa bacteriana, gengiva, dentes, gengivite, periodontite, higiene oral, bruxismo, escovacao, tartaro, mau halito, gengiva retraida, limpeza profissional. 


IMPLANTE DENTAL FB

 

 

 

Estética Dental

Implante Dentário